Carrinho

Ver iten(s)

7 tipos de corrida que podem te ajudar

Desde aumentar a resistência até se divertir, existem muitos estilos de treinos que podem te ajudar a melhorar sempre

02/12/2020

Quando você pensa que vai treinar, qual tipo de corrida surge na sua cabeça?

Geralmente as pessoas se limitam aos seus treinos rotineiros, aqueles onde você já sabe o tempo que vai levar para terminar e já conhece cada pedrinha no caminho por ser sempre no mesmo lugar. Não há nada de errado nisso, porém saiba que você está perdendo vários tipos de corrida.

E hoje, gostaria de conversar sobre sete tipos de treinos que você pode querer tentar.

  1. A corrida básica

Essa é a que provavelmente muitas pessoas praticam com muito mais frequência.

Ela consiste em correr em seu pace normal para aumentar sua capacidade aeróbica. É o tipo de treino que equilibra o estresse gerado pelo seu treino de corrida e uma vez que não são tão desafiadoras, elas podem ser realizadas com maior frequência.

  1. A corrida progressiva

Essa é aquela corrida em que você começa com um pace confortável e termina em um pace um pouco mais acelerado. É usada principalmente para melhorar o pace ao longo do tempo.

Não é muito desafiadora e vai te ajudar a aumentar sua energia na corrida. É ótima para quem está procurando alguma coisa levemente mais difícil que a corrida básica, mas ainda não está pronto para os outros tipos de corrida.

  1. A corrida Fartlek

A palavra sueca fartlek significa “jogo de velocidade” afinal, corrida também é um exercício onde você pode se divertir. Apesar do nome, com certeza é uma coisa que quase todo corredor já fez.

Esse tipo de corrida são aqueles pequenos desafios que você coloca para si mesmo. Sabe quando você se desafia a ir correndo o mais rápido possível até certo ponto da rua, como por exemplo uma árvore ou uma placa de trânsito, depois disso você se recupera um pouco e se desafia a correr o mais rápido possível para outro ponto na rua?

Isso é o fartlek, então use e abuse e tenha alguma diversão com o exercício!

  1. Treino intervalado

Apesar de ser parecido, esse treino e o fartlek tem algumas diferenças.

No caso do intervalado, você cria picos de intensidade e depois faz pausas para se recuperar.

Ao contrário do fartlek, o treino deve ser monitorado por algum profissional para que não haja nenhuma lesão e para que o exercício tenha o resultado esperado.

  1. Sprints

Não importa se você é um corredor de longas distâncias ou um velocista:

Arrancadas são importantes para você.

As arrancadas ajudam a criar força muscular para poder correr mais rápido. Para maratonistas, arrancadas ajudam o seu corpo a conseguir correr mais rápido por mais tempo sem fadigar tão rápido.

  1. Subidas repetidas

Muitas vezes as pessoas se limitam às rotas planas que já são acostumadas por serem mais fáceis. Pare com isso, se desafie a percorrer subidas repetidamente!

Antes de começar esse tipo de treino é importante aprender como arrumar sua postura nesses momentos.

Depois de aprender isso, procure uma subida respeitável (não trapaceie, pegue uma subida boa) e comece a subir na maior velocidade que conseguir.

Assim que chegar ao topo, trote para baixo e repita tudo.

Converse com um profissional para saber quantas repetições é o ideal para você.

Esse exercício é muito bom para aumentar sua resistência e desacelerar a fadiga.

  1. Corrida por tempo

O último treino é uma versão que faz parte de quase todos os tipos de corrida. Muito importante para maratonistas, esse estilo baseia-se em manter uma velocidade “confortavelmente difícil” por um bom período de tempo.

Basicamente, o corpo cria ácido lático quando a quantidade de oxigênio no corpo não é suficiente, causando a fadiga. Esses treinos ajudam o corpo a transportar mais oxigênio para seus componentes, fazendo com que a fadiga demore mais para aparecer.

Independente do tipo de corrida que você pratica, o importante é se sentir confortável e satisfeito com os resultados que você está alcançando. Mas, caso queira dar uma mudada nos treinos, esses estilos de corrida podem te ajudar.

E aí, quais tipos de corrida são suas favoritas?


Compartilhe nas redes sociais: