Carrinho

Ver iten(s)

Formigamento nos pés: O que pode ser?

Saiba que existem medidas simples que podem ser tomadas para evitar a sensação incômoda.

23/9/2020

Acredito que todo mundo já sentiu formigamento nos pés, seja enquanto corria ou em qualquer momento do dia a dia. Esse formigamento ocorre por uma pressão em algum nervo, ou seja, sabendo onde a sensação ocorre, é possível saber o que deve ser feito para arrumar!

É possível que a sensação necessite de cirurgia para ser “curada”, porém muitas vezes é só a pressão no lugar errado, então antes de ficar todo preocupado, lê o resto do post e ponha em prática, para ver se melhora. Caso não melhore, recomendamos uma visita ao médico.

Local do Formigamento

Caso o formigamento seja na parte superior do pé, pode ser que o problema seja o cadarço muito apertado. Isso ocorre muito com pessoas que tem o arco do pé elevados. É possível diminuir esse efeito trocando a forma que você coloca o cadarço no tênis ou até mesmo trocando ele por um cadarço elástico, que não aperta o pé, diminuindo a pressão nos nervos.

Já o formigamento na metade da parte inferior do pé indica que existe um nervo no tornozelo que está sendo comprimido e isso causa a síndrome do túnel tarso (sim, a mesma síndrome que pode acontecer no punho). Nesse caso, seu tênis pode estar muito apertado na parte de trás do pé, preste atenção e veja se seu tênis é realmente o ideal para você!

Quando a sensação for nos pés, geralmente o lugar afetado é a parte de dentro do quarto dedo e a parte de fora do terceiro dedo, pois ali pode ocorrer o que é chamado de neuroma de Morton, que é um desenvolvimento de uma camada de tecido, que gera um tumor benigno (não, você não está com câncer, calma!) e isso aumenta a sensibilidade do local.

A causa do problema pode ser, novamente, o tênis muito apertado no ante pé (parte da frente do pé), pode ser também meias grossa que causam compressão.

Nessas duas situações, a escolha do tênis certo é importante para que você diminua a sensação incômoda! Outra dica que pode dar certo, é a utilização de uma almofada ou uma palmilha amortecedora para que os ossos sejam espalhados de forma melhor.

A duração do treino importa

É possível que a dormência aconteça por conta do treino longo, já que os pés ficam muito tempo na mesma posição horizontal. Sabemos que muitas pessoas não podem treinar menos já que o objetivo é participar de alguma prova que demanda todo aquele treino. Então, para essas pessoas o recomendado é parar um tempo durante a corrida para tirar o tênis e dar uma mexida nos dedos, para que o sangue volte a circular da forma correta!

Preste atenção

Existem algumas formas de dormência que é bom você prestar atenção pois podem ser sintomas de uma doença um pouco mais complicada que um tênis muito apertado.

Preste atenção caso a dormência siga alguma dessas características:

- Ela dura mais de 24h depois do treino.

- A sensação de dormência pega uma parte do teu pé que lembra uma bota, ou seja, da ponta do pé até metade da sua canela, mais ou menos.

- Se estiver acompanhada de dor e/ou inchaço

- Caso ela ocorra da “forma oposta”, ou seja, se a dormência começar no glúteo e ir até a sola do pé

Se a sensação tiver alguma dessas características ou forem muito intensas, é interessante consultar o médico para que ele possa te aconselhar melhor sobre o assunto.


Compartilhe nas redes sociais: